Você está navegando por: Notícias Brasil
Assine o nosso Feed de Brasil

Advogada do impeachment de Dilma, Janaína Paschoal foi a deputada mais votada em SP.

Publicada em 07 de Outubro de 2018 às 22h33 Versão para impressão

SÃO PAULO - Uma das autoras do pedido que levou ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, Janaína Paschoal foi a deputada mais votada na eleição à Assembleia Legislativa de São Paulo. Com 98, 28% das urnas apuradas, Janaína teve 1, 965 milhão de votos.

» Siga-nos no Twitter

No Twitter, a advogada agradeceu a confiança dos eleitores:

- Amados, estamos todos aguardando os resultados oficiais, não quero me antecipar, mas creio que não seja inadequado já agradecer os votos, a confiança e o carinho do povo de São Paulo. Peço a Deus serenidade, lucidez e saúde para poder trabalhar muito por São Paulo e pelo Brasil! - escreveu Janaína, em sua conta pessoal do Twitter.

Lançada pelo partido de Bolsonaro, o PSL, Janaína chegou a ser cotada para vice do ex-capitão. Professora de direito da USP, Janaína acabou declinando do convite. Ela desagradou alguns apoiadores do candidato na convenção que homologou o nome de Bolsonaro ao Planalto.

Na ocasião, a advogada disse ser contra "pensamento único" e que o grupo de Bolsonaro poderia se transformar em um "PT ao contrário". Com isso, a chapa não prosperou e o candidato acabou optando pelo coronel Hamilton Mourão.

Assim como Janaína, os resultados das urnas indicam que o PSL de Bolsonaro deve eleger em São Paulo outros cinco candidatos a deputado estadual e nove a deputado federal.
Fonte: globo  |  Edição: Da Redação

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade PUBLICIDADE
Publicidade OZONTEC
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade FIEPI
Publicidade FSA