Ana Hickmann fala sobre joias:

Publicada em 25 de Novembro de 2017 às 01h07 Versão para impressão

Ana Hickmann conversou com exclusividade com a Vogue durante sua coleção de joias em parceria com a Rommanel, na sexta (24.11), em São Paulo, lotada de fãs.

» Siga-nos no Twitter

A apresentora confessou que ama comprar o acessório, seja bijuteria até joias. "Eu tenho gavetas, porta-joias... Uma infinidade de caixas de acessórios. Sou uma pessoa que quando viaja, gosta de garimpar. Gosto de trazer itens de fora, quando viajo pelo Brasil a mesma coisa. Vou atrás de novas marcas, novos designers para poder ter, conhecer. Sempre gostei de acessório e isso vai desde joias, semi-joias e bijuterias. Isso faz muita diferença no look final. Não posso dizer que sou obcecada por acessórios, mas eu tenho muitos. Sim, se as pessoas vissem meu cantinho... Acho que ia chamar atenção, igual a sala da Ana Hickmann e meu banheiro. É... Parando para pensar, tenho mesmo um acervo gigantesco".

Como fã dos acessórios, Ana deu dicas certeiras de como arrasar nas combinações. "É um arremate final para qualquer look. Pode ser grande, como um maxicolar ou maxibrinco. Ou como um pontinho de luz, um solitário, um brinco de pérolas, algo bem pequeninho. Mas a produção só fica completa com o acessório certo. Não saio de casa sem um brinco ou um anel. Não tenho a necessidade de combinar os acessórios, mas eles são fundamentais para a produção final.

"A minha maior fonte de inspiração é a mulher. É meu objeto de desejo, meu trabalho, minha vida, fonte de aprendizado. A alegria da mulher latina fez nascer a vontade de mostrar a força, a alegria e o colorido desta mulher. Não apenas da mulher brasileira, mas da mulher do povo latino".
Fonte: globo  |  Edição: Claudete Miranda

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade Claudete Miranda Store
Publicidade FSA