Você está navegando por: Notícias Brasil
Assine o nosso Feed de Brasil

Bolsonaro volta a Brasília nesta terça-feira e abre rodada de conversas com partidos.

Publicada em 04 de Dezembro de 2018 às 08h57 Versão para impressão

O presidente eleito Jair Bolsonaro retorna a Brasília nesta terça-feira (4) para iniciar uma série de encontros com representantes de partidos políticos, futuros ministros e autoridades.

» Siga-nos no Twitter

Ele deixou o condomínio onde vive, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, às 5h30, em direção à Base Aérea do Galeão, na Ilha do Governador, onde chegou às 6h10. A previsão é de que ele desembarque em Brasília por volta das 8h30.

A agenda divulgada pela assessoria do governo de transição prevê reuniões de Bolsonaro com MDB, PRB, PR e PSDB – os quatro partidos reúnem atualmente 163 deputados e terão 126 a partir de fevereiro de 2019, quando se inicia a próxima legislatura.

Está é a quinta viagem de Bolsonaro à capital federal desde a vitória no segundo turno da eleição presidencial, em 28 de outubro. O presidente eleito deve voltar para o Rio no fim da tarde de quinta-feira (5), em um voo da FAB.

Bolsonaro está acompanhado de Hélio Bolsonaro e do senador eleito Flávio Bolsonaro.

Antes de embarcar, o presidente eleito publicou em sua conta no Twitter que a viagem a Brasília servirá para que o governo de transição decida "estratégias e nomes que comporão" o futuro governo.

Agenda
Saiba a agenda de Bolsonaro em Brasília, segundo a assessoria da transição:

Terça-feira (4)

7h: decolagem para Brasília
10h: audiência com a ministra Tereza Cristina (Agricultura)
14h30: recebe autoridades
15h: reunião com a bancada do MDB
16h30: reunião com a bancada PRB
Quarta-feira (5)

9h: recebe autoridades diplomáticas na Granja do Torto
11h: audiência no quartel-general do Exército
15h: reunião com a bancada do PR
16h30: reunião com a bancada do PSDB
Quinta-feira (6)

9h: recebe autoridades e parlamentares na Granja do Torto
17h: retorno ao Rio de Janeiro
Articulação política
Os encontros oficiais desta semana serão os primeiros de Bolsonaro com bancadas de partidos. Até o momento, ele priorizou conversas e indicações ministeriais feitas por bancadas temáticas, como a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA).

O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, participará das conversas com as bancadas partidárias no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede do gabinete de transição.

Lorenzoni responderá pela articulação política do governo no Congresso Nacional, onde o governo tentará aprovar projetos como a reforma da Previdência.

À colunista do G1 Andréia Sadi, Onyx disse que, nas reuniões, Bolsonaro mostrará uma "uma nova fórmula de relacionamento" com os partidos, "sem distribuição de cargos".

Novos ministros
Bolsonaro também deve tentar fechar até esta semana a equipe ministerial.

Ao todo, serão 22 ministérios, e 20 ministros já foram anunciados - faltam os de Meio Ambiente e Direitos Humanos.
Fonte: globo  |  Edição: Da Redação

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade OZONTEC
Publicidade FIEPI
Publicidade FSA
Publicidade PUBLICIDADE
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)