Você está navegando por: Notícias Piauí
Assine o nosso Feed de Piauí

Clientes fazem fila para aproveitar liquidações no Centro de Teresina.

Publicada em 05 de Janeiro de 2018 às 20h40 Versão para impressão

Nesta sexta-feira (5), diversos clientes fizeram fila no Centro para aproveitar as promoções e levar os produtos cujos preços chegam a ser até 30% mais baratos. Assim como durante as promoções de Natal os consumidores de Teresina aproveitam as liquidações do início do ano para fazer compras com preços abaixo do que é comum no comércio.

» Siga-nos no Twitter

Em uma loja situada na Rua Barroso, as pessoas tomaram a calçada enquanto esperavam para entrar. Diversas pessoas chegaram antes das 6h da manhã para participar das promoções e não perderam tempo na hora de escolher o que comprar.

Um dos clientes foi Valdeci, que chegou cedo para comprar um fogão e uma cama box. Ele dividiu o frete com a vizinha, que adquiriu uma geladeira. De acordo com Valdeci, esta é a melhor época para comprar pois os preços caem bruscamente em relação ao resto do ano.

"Vale à pena porque uma geladeira que é R$ 1600 saiu por R$1200. A gente já guarda um dinheiro porque já sabe que nesse início de ano vai ter promoção", disse Valdeci.



Solidariedade e preços baixos
Na mesma rua, outro local foi muito procurado na primeira semana do ano. O bazar solidário que teve início na terça-feira (2) chamou a atenção dos consumidores que passeiam pelo Centro pois os valores são bem menores em relação ao que é vendido no mercado. Os produtos foram doados pela Receita Federal a três instituições no intuito de ajudar nas despesas com alimentação e serviços. Os itens estão avaliados em R$1,2 milhão no total.

De acordo com a organização do bazar, há roupas masculinas e femininas, brinquedos, casacos, panelas importadas e muitas outras opções que o cliente pode pagar com três cartões de crédito, além de à vista. As instituições beneficiadas pelos lucros do bazar são a Associação Bem Estar do menor de Esperantina (Amare); Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), em José de Freitas; e Associação Daniel Comboni de Timon, no Maranhão.


Entre os mais animados do bazar, Maria da Conceição Silva disse que esteve no local desde o primeiro dia e sempre levou alguma coisa para a família. Ela contou que os casacos são os produtos mais em conta e já comprou três deles para presentear familiares. O desta sexta-feira já tinha dono, o neto.


“Eu venho todos os dias e aproveito sempre pra levar uma ou duas coisas. O preço está muito bom, esses casacos são de ótima qualidade e estão saindo a R$50. Muito bom”, destacou Conceição.

Além de Maria da Conceição, outros clientes aprovaram os valores dos brinquedos e pequenos objetos de utilidades do lar. O bazar acontece também no sábado (6) visando atender aos consumidores que não puderam ir durante a semana.


Fonte: globo  |  Edição: Claudete Miranda

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade FSA
Publicidade OZONTEC
Publicidade PUBLICIDADE
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade FIEPI