Você está navegando por: Notícias Piauí
Assine o nosso Feed de Piauí

Com dois meses de atrasos salariais professores de Parnaíba suspendem aulas.

Publicada em 16 de Maio de 2018 às 23h31 Versão para impressão

Estudantes da rede pública municipal de Parnaíba, Litoral do Piauí, estão sem aula. Professores contratados alegam que estão sem receber e por isso estão deixando as salas.Familiares dos alunos reclamam da falta de aulas. A prefeitura municipal alega que problemas burocráticos impediram a realização dos pagamentos.

» Siga-nos no Twitter


Escola São Francisco dos Capuchinhos tem mais de 100 alunos sem aula. (Foto: Reprodução/TV Clube)

Na escola São Francisco dos Capuchinhos desde segunda-feira (14) algumas salas de aula estão fechadas por causa do atraso de dois meses nos salários de 80 professores contratados. "Como gestora eu dei apoio porque não é justo aceitar professor estar trabalhando sem ganhar o pão de cada dia. Tem seus compromissos a serem cumpridos", disse a diretora da escola, Maria Uchôa A unidade tem 760 alunos, dos quais 114 estão sem aulas.

Os professores são prestadores de serviço e preferiram não se identificar. Uma das profissionais lamentou a situação. "A gente foi trabalhando e aí como nós sabemos que coisa de prefeitura é demorada, nós "relaxamos". Porque a gente acreditou que eles estavam resolvendo. Só que aí quando a situação se tornou muito demorada, aí nós procuramos saber de alguma coisa", disse a professora acrescentando que os profissionais apenas são orientados para aguardar o pagamento.

Pais e responsáveis por estudantes da escola lamentaram a falta de aulas. "Só quem se prejudica são as crianças. As nossas crianças que sentem prejudicadas e aí os professores que trabalham precisam receber", disse a dona de casa Raimunda dos Santos, avó de estudante na escola São Francisco dos Capuchinhos.

A prefeitura de Parnaíba confirmou o problema. O secretário municipal de educação culpou a burocracia pelos atrasos. "Ontem os professores começaram a ser pagos. Todos ainda não foram porque existem divergências conta salário ou falta documento. Quem teve problema está procurando a secretaria de educação para que se faça alguma coisa", disse Carlos Eduardo Araripe, secretário municipal de educação de Parnaíba

Fonte: globo  |  Edição: Claudete Miranda

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade PUBLICIDADE
Publicidade FSA
Publicidade OZONTEC
Publicidade FIEPI
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)