Defesa Civil intensifica trabalho em municípios atingidos pelas cheias.

Publicada em 15 de Abril de 2018 às 12h49 Versão para impressão

Por conta do intenso período chuvoso no Piauí, com aumento nos níveis dos rios e reservatórios do estado, inclusive com ameaça de rompimento da Barragem do Bezerro, em José de Freitas - risco este já descartado - equipes da Secretaria de Estado da Defesa Civil (Sedec) realizam o monitoramento de áreas de risco em todos os municípios em alerta de inundação. Os técnicos da Defesa Civil também orientam as autoridades municipais da necessidade de retirada das pessoas das áreas de risco, além de articular a logística para receber homens do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Exército.

» Siga-nos no Twitter

De acordo com o secretário de Estado da Defesa Civil, Raimundo Coelho, com essas medidas, o governo se antecipa e evita que a população sofra maiores danos, sejam eles materiais ou humanos. “Nossa preocupação maior é garantir, principalmente, a integridade física das pessoas. Por isso, quando recebemos as informações sobre risco de qualquer desastre, emitimos o alerta e enviamos nossa equipe técnica para orientar os gestores locais e articular a parte de logística para uma eventual operação de resgate pelas forças de segurança do Estado. A atuação da Defesa Civil é focada na prevenção”, destaca Coelho.

Os trabalhos foram iniciados por José de Freitas, onde foi montada uma força tarefa formada pela Defesa Civil, Idepi, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Semar e Exército para aturarem de forma conjunta no trabalho de intervenção, resgate e atendimento às famílias que vivem no entorno da Barragem do Bezerro.

Devido ao aumento considerável no nível das águas dos rios Marataoan, Longá, além do Parnaíba e do Piracuruca, nos últimos dias, a atuação da Defesa Civil também se intensificou nas cidades de Barras, Cabeceiras, Lagoa Alegre, Batalha e Esperantina, além de Luzilândia, Madeiro, Joca Marques e Miguel Alves. Devidos às chuvas intensas, Campo Maior, Piracuruca e São José do Divino solicitaram auxílio e receberam o apoio técnico.

Autoria: Gonçalo Naza


Fonte: globo  |  Edição: Claudete Miranda

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade OZONTEC
Publicidade PUBLICIDADE
Publicidade FSA
Publicidade FIEPI