Você está navegando por: Notícias Piauí
Assine o nosso Feed de Piauí

Empresas da construção civil cresceram 95,15% no Piauí.

Publicada em 08 de Junho de 2018 às 10h44 Versão para impressão

As empresas de construção civil, que tinham cinco ou mais pessoas empregadas no Piauí tiveram um crescimento de 95,15%, entre 2007 e 2016, informa o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que realiza desde 1990 a Pesquisa Anual da Indústria da Construção (PAIC).

» Siga-nos no Twitter






Segundo o IBGE, em termos absolutos, haviam 227 empresas no Piauí em 2007 e 443 no ano de 2016. No tocante ao crescimento do quantitativo de empresas, nesse período de dez anos o Piauí ficou em quarto lugar dentre os nove estados do Nordeste, ficando atrás do Ceará ( 195,4%), Paraíba ( 171,4%) e Rio Grande do Norte ( 104,5%).

Ainda no mesmo período, a maior quantidade de empresas da construção no Piauí chegou a ser no ano de 2014, quando 599 estavam em operação. O IBGE informou que ao se deter sobre um período mais recente, de 2015 a 2016, percebeu que ocorreu uma queda generalizada no quantitativo de empresas no país.

No Piauí a queda no número de empresas da construção foi de 19,31%, acima do que foi observado para o Nordeste (-5,98%) e para o Brasil (-9,14%). Em termos de participação relativa, as 443 empresas da indústria da construção no Piauí representavam, em 2016, cerca de 4,32% das empresas do mesmo ramo no Nordeste e 0,76% das empresas do Brasil.

Sob o aspecto do pessoal ocupado(empregado) na indústria da construção, em 2007 o Piauí tinha 12.232 trabalhadores e em 2016 passou para 17.704, o que representou um aumento de 44,7%. Contudo, analisando-se mais detidamente esse período de 10 anos, percebemos que o maior quantitativo de pessoas ocupadas na construção foi no ano de 2013, quando chegou a ter 37.722 empregados. Com a retração do ritmo da economia brasileira houve, consequentemente, uma redução na taxa de ocupação(emprego), bem pronunciada na construção, onde comparando-se o quantitativo de pessoas ocupadas no Piauí entre 2013 e 2016, temos que houve uma redução da ordem de 53,06%.

Em relação ao salário médio pago na indústria da construção, em 2013 o valor era de R$ 893,63 e em 2016 de R$ 2.019,79, o que representou uma elevação de 126,02% em 10 anos. O valor do salário médio registrado no Piauí em 2016 equivalia a 80% do valor equivalente para o Brasil.

Sobre a massa de salários e outras remunerações pagas pela indústria da construção, o IBGE apurou foa observamos que o maior valor foi registrado no ano de 2014 quando chegou a R$ 752,6 milhões. No último ano da pesquisa (2016) o valor registrado foi de R$ 424,1 milhões, o que representou uma retração de 43,64%.






O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realiza desde 1990 a Pesquisa Anual da Indústria da Construção, que se constitui em uma importante fonte de dados setoriais para compreender o segmento empresarial da atividade da construção no País. Estas informações são indispensáveis para a análise e o planejamento econômico das empresas do setor privado e dos diferentes níveis de governo.

No Brasil, em 2016, segundo a PAIC, a atividade de construção totalizou R$ 318,7 bilhões em incorporações, obras e serviços da construção. O valor das obras e serviços da construção atingiu R$ 299,1 bilhões, sendo que 31,5% deste montante foram provenientes das obras contratadas por entidades públicas (R$ 94,1 bilhões) e o restante por pessoas físicas e/ou entidades privadas.

As empresas ativas da indústria da construção com mais de uma pessoa ocupada totalizaram 127 mil, ocupando cerca de 2,0 milhões de pessoas, em 2016. O gasto com salários, retiradas e outras remunerações atingiu o valor de R$ 58,5 bilhões e o salário médio mensal pago na atividade foi de R$ 2 235,2. (OBS: para mais informações consolidadas do país, bem como por grandes regiões, vide anexo com a publicação completa da pesquisa).

Fonte:JMN
Fonte: FIEPI  |  Edição: Da Redação

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade FIEPI
Publicidade OZONTEC
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade FSA
Publicidade PUBLICIDADE