Você está navegando por: Notícias Piauí
Assine o nosso Feed de Piauí

Governador assina liberação de recursos junto ao Governo Federal.

Publicada em 03 de Setembro de 2015 às 13h22 Versão para impressão

O governador Wellington Dias assinou, na manhã desta quinta-feira (3), no Palácio de Karnak, o contrato de empréstimo, junto à União, que prevê a liberação de R$ 369 milhões de reais, por meio do Programa Pró-Desenvolvimento. O empréstimo, cujas negociações iniciaram em 2008, prediz a liberação de R$ 69 milhões de forma imediata e, de mais R$ 300 milhões em um segundo momento. O contrato de empréstimo entre a União e o Estado do Piauí foi realizado com interveniência do Banco do Brasil (BB).

Para o governador, a fase é de reconstrução do convênio. “O país tem seis estados que aguardam a liberação de recursos pelo programa Pró-Desenvolvimento e o primeiro a ter a liberação é o Piauí. Os outros estados ainda devem levar uns meses a chegar ao estágio em que chegamos agora”, explicou o chefe do executivo do Estado, garantindo que a liberação do empréstimo servirá para trazer mais desenvolvimento ao Piauí.  

A chegada dos recursos irá destravar e dar celeridade a cerca de 70 obras que estão em execução por todo o estado, como o alargamento das BRs que dão acesso a Teresina; estradas como a que vai em direção a Dom Inocêncio, Domingos Mourão e Canavieiras, estas ainda não interligadas por asfalto; o alargamento da Ponte Juscelino Kubistchek, ações que geram cerca de 11 mil empregos em todo o Piauí. “O dinheiro vai circular na economia do estado, gerando emprego e renda, melhorando a qualidade de vida da população e facilitando a mobilidade urbana e intermunicipal”, declarou Wellington.

O contrato de garantia do aditivo do empréstimo entre a União e o Estado do Piauí foi assinado, nessa quarta-feira (2), em Brasília, na sede da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional. O pagamento de pendências ainda existentes, previstas para serem pagas já na próxima semana, deve liberar, de imediato, cerca de R$ 140 milhões, o que permite concluir algumas obras este ano e outras até julho de 2016. As liberações de recursos do empréstimo estavam travadas desde a entrada do Estado no Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias (CAUC) e foram retomadas com a situação de adimplência em que o Piauí se encontra junto ao Governo Federal.

Segundo Rosélio Furst, superintendente do BB, a proposta é que os R$ 300 milhões ainda sejam liberados este ano. “O Banco do Brasil é um banco de espírito público, esta é apenas uma das várias parcerias do BB com o Piauí. Já celebramos algumas operações da modalidade no estado, contribuindo para o seu desenvolvimento, como para o Plano Safra, em que foram disponibilizados R$ 202 milhões”, explicou Furst.  



» Siga-nos no Twitter

Fonte: Governo do Estado  |  Edição: Da Redação

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade PUBLICIDADE
Publicidade FSA
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade FIEPI
Publicidade OZONTEC