Governador participa do I Congresso Internacional de Trauma.

Publicada em 01 de Junho de 2018 às 06h24 Versão para impressão

O governador Wellington Dias participou da abertura do I Congresso Internacional de Trauma, nesta quinta-feira (31), no Bristol Gran Hotel Arrey, em Teresina. O evento que é uma realização do Hospital São Marcos de Teresina com a contribuição do Hospital de Trauma de Berlim, Alemanha (Unfallkrankenhaus Berlin – UKB) e conta com o apoio do Governo do Estado do Piauí por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SESAPI), Fundação de Amparo à Pesquisa (FAPEPI), Universidade Estadual do Piauí (UESPI). O Congresso Internacional segue até o próximo dia 02 de junho, tendo como tema a Rede de Atenção ao Trauma.

» Siga-nos no Twitter

De acordo com o presidente da Comissão do Congresso, Dr. Edilson Carvalho, o Trauma é uma questão de saúde pública, na qual chama-se a atenção para o grande número de traumas causados principalmente pelos acidentes de trânsito. “Em 2017, 41 mil pessoas morreram e outras 284 mil foram vítimas de acidente de trânsito e ficaram com sequelas, no Brasil. O que queremos é contribuir com o tratamento e ajudar a salvar vidas, assim como a Alemanha fez, organizando uma rede que permita que os pacientes politraumatizados sejam atendidos em um curto espaço de tempo, de forma qualificada, no qual é necessário fazer a descentralização destes atendimentos”, disse.




Wellington Dias destacou que a parceria entre o Piauí e Alemanha já vem acontecendo desde 2009 e que em visita recente ao país buscou estreitar essa parceria. “É um grande problema e quero falar aqui do nosso compromisso na área da pesquisa, da qualificação profissional e da Telemedicina. O Piauí que já tem acumulado experiência nessa área de integração com os municípios, especialmente na área do SAMU . Destaco o Hospital Getúlio Vargas (HGV), o Hospital Universitário, o Hospital de Urgência da Teresina (HUT) e essa combinação com a academia que conta também com a destreza do Hospital de Berlim. Estamos avançando nessa parceira permitindo que estudantes e profissionais da saúde possam se qualificar com a presença da telemedicina, que tem o pioneirismo na Alemanha, e com certeza vamos ganhar com profissionais que estarão dentro do conceito de mais preparados do mundo”, comenta o governador.

Para o secretário de Saúde, Florentino Veras, o Congresso é uma oportunidade de ter cirurgiões de várias áreas para a atualização, semeando também mais um passo na integração com o Hospital de Berlim, que é uma referência mundial na área. “É um momento que vai refletir na multiplicação do conhecimento”, ressalta o gestor.

O presidente Voluntário da Associação Reabilitar, Benjamin Pessoa Vale, destacou a importância do evento e da atenção à rede. “O objetivo é fortalecer o atendimento ao politraumatizado. O CEIR é uma ponta do trauma que é a reabilitação, mas nessa rede do trauma, queremos fortalecer toda a cadeia, da prevenção o tratamento e a reabilitação. Reintegrar as pessoas na sociedade, mas principalmente trabalharmos para evitar o trauma”.

O I Congresso Internacional de Trauma também conta com o apoio da Fundação Municipal de Saúde da Prefeitura de Teresina – FMS, Governo Federal através da Caixa Econômica – CEF, Grupo Arrey, Faculdade Facid Widen, Multi Home Care, Medical Life e Radical Produções.


Autoria: Tamyres Rebeca


Fonte: Governo do Estado do Piauí  |  Edição: Claudete Miranda

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade PUBLICIDADE
Publicidade FIEPI
Publicidade OZONTEC
Publicidade FSA