Piaui em Pauta

Litoral do Piauí
Governador trata no BNDES paga

Governador trata no BNDES pagamento de dívida pela federalização da Cepisa.

Publicada em 10 de Maio de 2019 às 06h48


O governador Wellington Dias se reuniu, nesta quinta (09), com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levi. Em pauta, o destravamento de processos burocráticos que inviabilizam o pagamento de valores ainda não quitados pela União durante o processo de federalização da Cepisa, em 1997.

» Siga-nos no Twitter

Na oportunidade, o chefe do executivo piauiense também pleiteou o apoio do BNDES na modelagem de projetos de parcerias público-privadas (PPPs). ?O Piauí possui hoje uma carteira de investimentos de aproximadamente R$ 6 bilhões. São projetos complexos, realizados em parceria com o Governo Federal, que permitirão mais investimentos?, explica Dias.

A audiência ocorreu em meio a programação do 31° Fórum Nacional, do qual participaram do painel ?Reforma da Previdência, Situação Macroeconômica? o governador do Piauí, o presidente do BNDES, os secretários especiais da Fazenda e da Previdência, Waldery Rodrigues e Rogério Marinho, além do presidente do Fórum Nacional e homenageado do dia, o economista Reis Veloso.

Piauí reclama R$ 860 milhões por federalização da Cepisa

Segundo dados apresentados pelo o Estado, o contrato que federalizou a Cepisa, em 1997, previa o pagamento de um montante ao Piauí caso a mesma fosse privatizada posteriormente, fato que se concretizou no ano passado, quando a autarquia foi comprada pela empresa Equatorial Energia. Os valores giram, atualmente, em torno de R$ 860 milhões e é resultado de dividendos contraídos pelo estado durante o processo de federalização.

Autoria: Pablo Cavalcante
Tags: Governador trata no - O governador Welling

Fonte: Governo do Estado do Piauí  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade TERNO E CIA
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade FSA
Publicidade FIEPI
Publicidade OZONTEC