Governadores discutem segurança, securitização e precatórios com presidentes da Câmara e Senado.

Publicada em 08 de Novembro de 2017 às 11h43 Versão para impressão

O governador Wellington Dias esteve, na manhã desta terça (7), participando de audiência do Fórum dos Governadores do Brasil com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia; e o presidente do Senado, Eunício Oliveira. A reunião ocorreu na Residência Oficial do governador do Distrito Federal, em Águas Claras, Rodrigo Rollemberg.

» Siga-nos no Twitter

Durante a audiência, governadores discutiram sobre criação do Fundo Nacional de Segurança Pública e a prioridade na Câmara dos Deputados para a votação da securitização da dívida ativa e depósitos judiciais para pagamento de precatórios.

O governador do DF, assumiu o pedido de prioridade dos dois projetos para que eles possam ser apreciados pela Câmara dos Deputados e Senado Federal. “Temos uma pauta tramitando que trata da regulamentação da securitização. Esse projeto é muito importante para a economia dos estados. Também temos uma proposta de emenda constitucional de autoria do senador José Serra, que define regras para o pagamento de precatórios. Vamos conversar com o presidente Rodrigo Maia pedindo prioridade na apreciação”, afirmou Rollemberg.

Sobre a pauta de segurança pública, o governador Wellington Dias afirmou que ficou satisfeito com o comprometimento da Câmara e do Senado. “Nós tivemos um entendimento sobre esse assunto que é de interesse do povo, diante da gravidade da situação. De um lado necessitamos do trabalho da União, com a proteção das fronteiras. De outro lado, precisamos do Congresso Nacional para a criação de um Fundo Nacional de Segurança Pública. Todos os estados apoiam o projeto que regulamenta e tributa os jogos online, do qual sairá a receita para o fundo que também deve beneficiar a Saúde”, explicou o chefe do executivo.

“Os temas que foram tratados hoje aqui são importantes e merecem ser agilizados. Nos comprometemos aqui em relação à pauta da segurança pública, com a criação do fundo que virá com a tributação dos jogos. A Saúde, outra área muito debilitada, também receberá uma parte dessa arrecadação”, garantiu o presidente do Senado Eunício Oliveira.

Autoria: Aline Medeiros

Fonte: Governo do Piauí  |  Edição: Da Redação

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade Claudete Miranda Store
Publicidade FSA