Mulher morta após ser sugada por janela de avião nos EUA era executiva de 43 anos.

Publicada em 18 de Abril de 2018 às 18h37 Versão para impressão

 A relações públicas Jennifer Riordan, do Novo México, foi identificada nesta quarta-feira (18) como a vítima do incidente que provocou o pouso de emergência do avião da companhia Southwest Airlines no Aeroporto Internacional da Filadélfia, nos Estados Unidos, na terça-feira (17). Ela tinha 43 anos, era casada e deixou dois filhos, segundo a CNN.

» Siga-nos no Twitter

Veículos americanos, como CNN e o jornal "The New York Post", relatam que Jennifer foi parcialmente sugada para fora da aeronave após uma janela, perto de onde ela estava sentada, ter quebrado. A explosão de um motor do avião provocou danos na fuselagem e destroços atingiram a janela.

Colegas relataram à CNN que ela dedicou a vida à filantropia. Como vice-presidente de relações com a comunidade na empresa Wells Fargo (que presta serviços financeiros), em Albuquerque (Novo México), Riordan gerenciava o trabalho voluntário de mais de 1.000 funcionários desde 2008. A empresa afirmou em um comunicado que a funcionária era "amada e respeitada".

Pouso de emergência
O voo 1380 da SouthWest tinha decolado do aeroporto de LaGuardia, em Nova York, e após o problema no motor foi desviado para a Filadélfia, onde fez um pouso de emergência às 11h20 (hora local).

O passageiro Marty Martinez disse que uma senhora teve os braços e parte do corpo puxados na direção da janela: "Ela não ficou para fora da janela. As pessoas do banco de trás a seguraram, tentando mantê-la no lugar".

Ainda segundo Martinez, algumas pessoas tentaram fechar o buraco: "Elas estavam usando coletes salva-vidas, e as coisas estavam simplesmente sendo sugadas para fora".

Acidente com motor em fevereiro
De acordo com a CNN, em fevereiro, outro avião da Southwest teve problemas com um dos motores, que pegou fogo durante o voo.

A aeronave precisou voltar para o aeroporto de Salt Lake City momentos depois da decolagem. A companhia declarou que a morte de Jennifer Riordan foi a primeira na sua história.

Fonte: globo  |  Edição: Claudete Miranda

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade PUBLICIDADE
Publicidade FIEPI
Publicidade FSA
Publicidade OZONTEC