Piaui em Pauta

-
-
Mulher é indenizada em US$ 2,9

Mulher é indenizada em US$ 2,9 milhões após ter casa invadida pela polícia por engano e ser presa nu

Publicada em 15 de Dezembro de 2021 às 21h08


CHICAGO ? O Conselho Municipal de Chicago aprovou por unanimidade nesta terça-feira um acordo para indenizar uma mulher que teve a casa invadida pela polícia, por engano, e foi surpreendida nua pelos agentes. Anjanette Young vai receber US$ 2,9 milhões (valor equivalente a R$ 16,4 milhões).

» Siga-nos no Twitter

Os policiais invadiram a casa de Anjanette por engano em fevereiro de 2019. Os agentes entraram no imóvel para fazer uma busca e detiveram a vítima. Ela ficou o tempo todo algemada. Posteriormente, a polícia admitiu que havia entrado na casa errada.

A ação policial ocorreu para cumprimento de um mandado judicial obtido após o recebimento de uma informação anônima. Os agentes procuraram um criminoso armado que estaria no local. O endereço do suspeito, no entanto, ficava em um edifício situado do outro lado da rua.

A abordagem ocorreu quando Anjanette, que é enfermeira, tinha acabado de voltar do trabalho. Ela foi algemada e um policial cobriu seu corpo parcialmente, mas ainda assim uma parte ficou exposta. Cerca de um minuto depois um outro agente trouxe um cobertor. Os policiais levaram a mulher ao banheiro para se vestir depois de 12 minutos que a vítima estava detida.

Toda a ação foi filmada pelas câmeras acopladas às fardas dos policiais. Os vídeos mostram Anjanette incomodada com a situação enquanto tenta dizer aos policiais que eles estão na casa errada.

Em dezembro do ano passado, o prefeito de Chicago, Lori Lightfoot, divulgou as imagens e deu início a uma mudança nos protocolos para cumprimento de mandados de busca e apreensão. A indenização foi aprovada pelo comitê de finanças do município e teve o apoio de Lightfoot.

Tags: Mulher é indenizada - Mulher é indenizada

Fonte: globo  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade CORONAVIRUS - OZONT
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade FIEPI
Publicidade CORONAVIRUS
Publicidade FSA