Você está navegando por: Notícias Brasil
Assine o nosso Feed de Brasil

No Congresso, 85% dos políticos disputam a eleição de 2018.

Publicada em 30 de Setembro de 2018 às 11h40 Versão para impressão

BRASÍLIA - No próximo domingo, 85% dos parlamentares tentarão conquistar votos suficientes para permanecer no Congresso Nacional. Nesse grupo, estão os que almejam a reeleição, mas também quem deseja trocar de Casa, ou seja, senadores que concorrem à Câmara e deputados que tentam uma vaga no Senado. Para auxiliar os eleitores na avaliação de quem hoje ocupa um mandato no Legislativo Federal, o site do GLOBO lança neste domingo, um gráfico interativo com dados sobre a atuação de cada um dos congressistas e como se posicionaram em votações importantes dos últimos quatro anos.

» Siga-nos no Twitter

Enquanto 41 deputados disputam uma eleição majoritária ao Senado, seis senadores traçam o caminho oposto: desistiram da reeleição e vão tentar uma vaga na Câmara. Três deles estão envolvidos em escândalos de corrupção. Desgastados pela Lava-Jato, Aécio Neves (PSDB-MG) e Gleisi Hoffmann (PT-PR) afirmam que o objetivo é fortalecer as bancadas de seus partidos na Câmara. No Senado desde 1987 e também alvo de denúncias de corrupção, José Agripino (DEM-RN) desistiu de permanecer no cargo em troca de apoio à chapa de Carlos Eduardo Alves (PDT) no Rio Grande do Norte.

Na Bahia, Lídice da Mata (PSB) não tenta a reeleição por decisão de seu partido, que integra a chapa do PT, de Rui Costa, ao governo. Completam a lista dois suplentes que assumiram os postos após seus titulares se tornarem governadores em 2014: José Medeiros (Podemos-MT) e Hélio José (PROS-DF).

Taxa de reeleição é de 78%

O analista político Antônio Augusto de Queiroz, do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), diz que os casos de “circulação de poder”, de candidatos que tentam trocar da Casa, são comuns nas disputas para o Congresso.

- O parlamentar faz uma avaliação precisa das reais chance para não correr riscos. Quando decide disputar para deputado, tem certeza de que não se elege senador.

LEIA:Em comitê de candidato, troca-se voto por cirurgia e remédios

As mais recentes pesquisas realizadas pelo Ibope para o Senado indicam que haverá pouca renovação na Casa. Dos 33 senadores que tentam reeleição, 27 aparecem nos dois primeiros lugares nas disputas em seus estados, ainda que tecnicamente empatados com outros candidatos. O desempenho de atuais deputados federais que tentam uma vaga no Senado também aponta para a eleição de políticos profissionais. Ao todo, são 17 os que ocupam as primeiras colocações.

PUBLICIDADE

O cientista político Carlos Pereira, da FGV, diz que tradicionalmente a taxa de reeleição no Congresso é de 78%, alta mesmo em comparação com outros países da Amércia Latina.

- Nessa eleição em particular, com o financiamento público, aumentou ainda mais a chance porque a locação de recursos de campanha foi fundamentalmente para parlamentares que concorrem à reeleição. Uma pequena parte foi alocada para novos candidatos. É de se esperar que a taxa de reeleição permaneça a mesma ou aumente - analisa.

De saída do senado
Parlamentares desistem de reeleição e tentam vaga
na Câmara


Fonte: globo  |  Edição: Da Redação

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade OZONTEC
Publicidade FSA
Publicidade FIEPI
Publicidade PUBLICIDADE
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)