Você está navegando por: Notícias Piauí
Assine o nosso Feed de Piauí

Unidades Básicas de Saúde estão sem médicos no Sul do Piauí.

Publicada em 14 de Setembro de 2018 às 12h07 Versão para impressão

Seis Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Floriano, município no Sul do Piauí, estão sem médicos. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a ausência acontece devido à falta de profissionais que queiram assumir o cargo.

» Siga-nos no Twitter

A cobertura de atendimento conta com 20 médicos, que atuam em UBS da área urbana e rural da cidade. Para suprir a necessidade do município, é necessária a contratação de mais profissionais.

Um processo seletivo realizado em 2017 ofertou 11 vagas para médicos, mas somente 7 foram preenchidas. Segundo a secretária de Saúde de Floriano, Thaís Braglia, isso acontece devido às propostas que os profissionais recebem de outros municípios.

"E também para a gente acatar o que o Ministério Público colocou que é o ponto eletrônico. Isso afeta diretamente a carga horária do médico, que deve cumprir 40 horas semanais no posto de saúde, à disposição da população. Por isso nós tivemos algumas desistências", disse.

Outra razão para a dificuldade de preencher o quadro médico do município é o salário ofertado. Hoje, um médico da Estratégia Saúde da Família (ESF) em Floriano recebe R$ 4100,00 para cumprir a carga horária de 40 horas semanais.

A secretaria abriu um novo edital, no dia 6 de setembro, ofertando 10 vagas para o cargo de médico e espera suprir a falta de profissionais e garantir atendimento em todas as UBS do município.

Fonte: globo  |  Edição: Da Redação

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade PUBLICIDADE
Publicidade OZONTEC
Publicidade FIEPI
Publicidade FSA