Você está navegando por: Notícias Piauí
Assine o nosso Feed de Piauí

População relata constantes acidentes em ponte de madeira em Parnaíba.

Publicada em 14 de Maio de 2018 às 18h47 Versão para impressão

Moradores da cidade de Parnaíba, Litoral do Piauí, relatam ter medo ao transitar por uma ponte de madeira que liga os bairros Tabuleiro e São Vicente de Paula. Segundo a população, acidentes são frequentes e há relatos de que já houve mortes no local. A Prefeitura de Parnaíba informou que foi feito o pedido da construção de uma nova ponte de concreto e o Governo do Estado disse que aguarda recursos.

» Siga-nos no Twitter

Nesse domingo (13), um motociclista foi levado ao hospital depois de perder o controle da moto no desnível da ponte e cair. A ponte é o único meio que dá acesso aos dois bairros e, por dia, milhares de pessoas trafegam de carro, de moto, bicicletas e até de carroça.

Revoltados com a falta de uma ponte de concreto, os moradores da região atearam fogo na ponte de madeira há um ano, para chamar a atenção dos governantes, mas o protesto não teve êxito. As águas das chuvas que caíram nos últimos meses acumularam-se com o Rio São José e ocasionaram o desgaste da madeira que sustenta a ponte.



O local também é rota para transportes coletivos. (Foto: Reprodução/ Piauí TV 1ª Edição )



O local também é rota para transportes coletivos. Segundo o presidente da Associação de Moradores do bairro Tabuleiro, José Mário, tanto a Prefeitura quanto o Governo do Estado já haviam prometido uma ponte de concreto.

“As promessas são inúmeras. O governador do estado já prometeu essa ponte, vai fazer dois anos que ele prometeu. A gente sabe que a obra é de competência do município, mas com somente os recursos do município é difícil” disse José Mario.
A prefeitura de Parnaíba informou em nota que já foi solicitado ao Governo do Estado um empenho na construção de uma nova ponte e que reforçará o pedido. A Secretaria de Estado de Transportes do Piauí comunicou que a obra está sob responsabilidade do próprio órgão e que devido à escassez de recursos, está buscando alternativas viáveis e mais acessíveis para o projeto.
Fonte: globo  |  Edição: Claudete Miranda

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade FIEPI
Publicidade FSA
Publicidade PUBLICIDADE
Publicidade OZONTEC