Presidente pede ao TSE que suspenda extinção de zonas eleitorais.

Publicada em 24 de Maio de 2017 às 17h11 Versão para impressão

A Assembleia Legislativa encaminhará ofício ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, pedindo a suspensão da extinção de zonas eleitorais no Piauí, atendendo requerimento apresentado pelo presidente do Poder Legislativo do Estado, deputado Themístocles Filho (PMDB), e aprovado na sessão plenária de hoje(24).

» Siga-nos no Twitter

Themístocles Filho disse que a extinção de zonas eleitorais vem sendo adotada pelo TSE não somente no Piauí, mas em todo o país. “Para se ter uma idéia, com a extinção da zona eleitoral de Demerval Lobão, os eleitores daquela cidade terão que se deslocar até Teresina para obter, por exemplo, a segunda via do seu título eleitoral”, acrescentou ele.

Na sessão plenária desta manhã, também, foi apresentado requerimento pelo líder do Governo, deputado João de Deus (PT), pedindo a realização de audiência pública, em data a ser marcada, na Comissão de Administração Pública e Política Social, para debater os serviços prestados à população pelo Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe) da Universidade Estadual do Piauí.


João de Deus disse ontem, em discurso da tribuna da Assembleia Legislativa, que apresentaria hoje o requerimento em consequências das fraudes que levaram o Governo do Estado a anular o concurso público realizado no último domingo para seleção de soldados para a Polícia Militar do Piauí. Ele afirmou que a audiência contará com a presença do reitor da Uespi, Nouga Cardoso.


Na ordem do dia de hoje, os deputados aprovaram, em primeira votação, Projeto de Lei do deputado Gustavo Neiva, líder do PSB, que denomina de Major Mayron Soares o Primeiro Batalhão da Polícia Militar do Estado do Piauí, Também, foram aprovadas outras matérias em segunda votação, incluindo Projeto de Lei do deputado Luciano Nunes(PSDB), vice-presidente da Assembleia, que torna obrigatória a colocação de espaço específico para produtos anti-alérgicos em estabelecimentos comerciais.




J. Barros - Edição: Caio Bruno

Fonte: ALEPI  |  Edição: Claudete Miranda

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade FIEPI
Publicidade OZONTEC
Publicidade FSA
Publicidade PUBLICIDADE