Piaui em Pauta

NOVA
Professor morre vítima de cala

Professor morre vítima de calazar após um mês internado em Teresina.

Publicada em 15 de Maio de 2019 às 22h01


Um professor morreu nessa terça-feira (14) vítima de Leishmaniose visceral, popularmente conhecida como calazar, após um mês internado no Instituto de Doenças Tropicais Natan Portella, em Teresina. O educador, que era de Floriano, no Sul do Piauí, estava na capital recebendo tratamento para a doença, mas não resistiu e faleceu.

» Siga-nos no Twitter

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), no ano passado foram registradas 191 notificações da doença no Piauí. Neste ano, até o momento, foram 61 casos. A Sesapi alerta para que a população fique atenta aos sinais da doença.

"É uma doença sistêmica muito comum em crianças até 10 anos, mas que pode acontecer em qualquer fase. Com ela envolve geralmente o baço e fígado, as pessoas e os animais infectados perdem peso. É importante ficar atento a isso, intensificar a vigilância?, recomendou Amélia Costa, coordenadora de vigilância epidemiológica da Sesapi.

Segundo a coordenadora, O Ministério da Saúde dispõe de teste rápido para examinar os cães em caso de suspeita de infecção. ?Como o animal é um hospedeiro e a transmissão para o homem é feita através de mosquito é importante ficar atento à saúde do cachorro?, afirmou Amélia Costa.

No Piauí, pelo menos nove municípios registraram casos em seres humanos e são considerados de transmissão intensa. O estado também tem municípios de risco moderado e cidades com risco esporádico.

TERESINA
Tags: Professor morre - Um professor morreu

Fonte: globo  |  Publicado por: Da Redação
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade FIEPI
Publicidade FSA
Publicidade OZONTEC
Publicidade TERNO E CIA