Você está navegando por: Notícias Piauí
Assine o nosso Feed de Piauí

Taxistas e motoristas do Uber têm nova confusão na rodoviária da capital.

Publicada em 11 de Fevereiro de 2017 às 00h23 Versão para impressão

Taxistas e motoristas do Uber entraram em conflito novamente na noite desta sexta-feira (10), na rodoviária de Teresina. Segundo a Polícia Militar, uma condutora da plataforma teria sido agredida e a ação foi gravada pelos colegas. Essa é a segunda briga registrada no local em menos de uma semana.
O capitão Marcone Martins, do Batalhão de Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais (Rone), informou que sete veículos descaracterizados estavam na rodoviária e foram cercados pelos taxistas. A polícia não soube informar se todos os carros eram do aplicativo Uber.
"Uma motorista do sistema declarou que foi ameaçada pelos taxistas e mostrou um vídeo do caso. Ao chegar no local, conseguimos dispersar o grupo e ficaram aqui somente os taxistas que tem ponto na rodoviária. Não é a primeira vez que acontece desentendimentos entre as categorias", contou.
Taxistas relataram que quase todas as noites acontecem conflitos com motoristas do Uber. "No sábado aconteceu esta mesma confusão. Eles [motoristas de Uber] alegam que nós estamos partindo pra cima, mas são os motoristas de Uber que chegam provocando. E isto é inaceitável", declarou um taxista.
No sábado (4), taxistas impediram um motorista do Uber de sair da rodoviária de Teresina, na Zona Sul da cidade. O motorista Rony Ferreira relatou ao G1, que estava atendendo ao chamado de uma passageira na rodoviária, quando os taxistas identificaram que a mulher utilizou o aplicativo para pedir o serviço. Ao chegar ao local, ele contou ter sido cercado por vários taxistas.

» Siga-nos no Twitter

A plataforma Uber funciona em Teresina desde novembro do ano passado. Aplicativo que já é usado em mais 30 cidades do país ainda não tem autorização para funcionar na capital do Piauí.
O uso do serviço já foi tema de sessão na Câmara Municipal de Teresina e de manifestações de taxistas e mototaxistas, que foram as ruas reclamarem da chegada do aplicativo, já que para eles o Uber trabalha irregularmente por não pagar impostos. O prefeito Firmino Filho assegurou às categorias que a prefeitura agirá de acordo com a lei, fiscalizando as irregularidades.
O Uber é um serviço semelhante ao de táxi, acionado por meio de um aplicativo para celulares, com preços bem abaixo dos praticados pelo mercado de transportes individuais, regulamentados e taxados pelo Poder Público municipal.
Fonte: globo  |  Edição: Claudete Miranda

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade OZONTEC
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade FIEPI
Publicidade FSA
Publicidade PUBLICIDADE