Você está navegando por: Notícias Saúde
Assine o nosso Feed de Saúde

Ação educativa comemora Dia Mundial do Diabetes

Publicada em 01 de Fevereiro de 2012 às 08h46 Versão para impressão

Nesta quarta-feira, 01 de fevereiro, é comemorado o Dia Municipal de Combate ao Diabetes, data prevista em lei de autoria do vereador José Ferreira. De acordo com a lei Enzo, como foi denominada, neste dia deverão ser realizadas atividades visando a conscientização e prevenção da doença. Pensando nisso, a Associação dos Diabéticos do Piauí (ADIP), em parceria com a Unidade Integrada de Saúde do Parque Piauí, realiza amanhã (01), uma ação educativa alertando sobre a relevância da detecção precoce da doença, sintomas e tratamento.

» Siga-nos no Twitter

Na ação, que acontecerá a partir das 7h no Hospital do Parque Piauí, serão realizadas glicemias capilares, aferição da pressão arterial, uma caminhada da Integração, palestra sobre o Diabete Mellitus, que será ministrada pelo médico Fábio Marcos Sousa, além de cadastro de associados da ADIP e degustação de chás e frutas.

Para Jeane Melo, presidente da ADIP, esse tipo de atividade é importante para disseminar a boa informação, especialmente sobre os direitos dos diabéticos. “O Dia Municipal do Diabetes é uma vitória para nós que convivemos com essa doença que não discrimina e que pode ocorrer em jovens ou idosos, ricos ou pobres, homens ou mulheres. Realizar essa ação no Hospital do Parque Piauí é uma forma de nos aproximarmos da comunidade, alertarmos sobre a importância do tratamento, bem como dos direitos dos diabéticos”, explica.

A LEI

A data na qual será lembrada a passagem pelo Dia Municipal do Diabetes, 01 de fevereiro, é uma homenagem ao garoto Enzo, símbolo da campanha pelos direitos dos diabéticos de Teresina. O garoto, que aniversaria nesse dia, tem seis anos de idade e é diabético desde os nove meses de vida. A mãe do garoto, a jornalista Jeane Melo, há muito tempo luta por um tratamento menos traumático para o filho, que é insulino-dependente e que necessita de cuidados especiais por conta da doença.

A jornalista também foi a grande mobilizadora do movimento Assina Elmano no Twitter, conseguindo a adesão de várias pessoas simpatizantes com a causa, que era a assinatura da de lei N° 46/11, por meio do qual a rede municipal de saúde seria obrigada a fornecer, de forma gratuita, medicamentos e insumos necessários para o tratamento e controle do diabetes. Na época, a campanha virou um dos 10 assuntos mais comentados do Twitter no Brasil, chegando ao primeiro lugar no ranking criado pelo microblog. O prefeito Elmano Férrer não sancionou a Lei, mas do movimento surgiu a Associação dos Diabéticos do Piauí (ADIP), que continua na luta pelos direitos dos diabéticos.
Fonte: 180graus  |  Edição: Piauí em Pauta

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade FSA
Publicidade Claudete Miranda Store