Valdivia nega procura do Flamengo, mas admite desejo por volta à Europa

Publicada em 22 de Abril de 2014 às 18h20 Versão para impressão

Valdivia não se vê jogando por outro clube brasileiro diferente do Palmeiras, com o qual tem contrato até agosto de 2015. Identificado com a torcida, o meia, porém, admite o desejo de voltar a atuar na Europa, onde já defendeu o Rayo Vallecano, da Espanha, e o Servette, da Suíça. O chileno também diz não ter sido procurado por ninguém do Flamengo, apesar de afirmar que um investidor, no caso, o conselheiro Osório Furlan, teria o oferecido ao Rubro-Negro. Imagem: Reprodução/Internet À época da volta de Valdivia ao Palmeiras, em 2010, Osório ajudou a bancar o investimento e ficou com 36% dos direitos econômicos do Mago. O próprio jogador possui 10%, e o Palmeiras é dono dos 54% restantes. - Não teve Brunoro (diretor executivo), não teve Omar (gerente de futebol), nem ninguém da diretoria falando aqui. O que teve foi um cara que me ajudou a me trazer que teria me oferecido ao Flamengo. Se vocês querem a resposta mais concreta: não teve ninguém do Flamengo me procurando. Então, não tem por que responder se eu iria sair, se vou para outra equipe. Só me vejo no Palmeiras - afirmou. Pelo atual vínculo, Valdivia poderia assinar pré-contrato com outro clube praticamente no início da próxima temporada. Em tese, portanto, a próxima janela de transferências internacionais seria a última chance de o Verdão faturar com uma possível venda. Internamente, aliás, existe a ideia de negociá-lo após a disputa da Copa do Mundo no Brasil, com a seleção do Chile, caso o meia saia da competição valorizado. - Hoje tenho o sentimento de encerrar a carreira no Palmeiras. Jogar na Europa? Sim, gostaria, mas se não for voltar para a Europa jogar no Brasil é muito bom. Aqui sempre há times conquistando a Taça Libertadores. Não é que eu esteja desesperado para atuar na Europa. Pelo contrário: estou bem, disputando um dos campeonatos mais difíceis do mundo. Seria muito difícil atuar por outro clube brasileiro, porque estou muito identificado com o Palmeiras e a sua história. Sobre Copa não sei nem se serei convocado - finalizou. Recuperado dos problemas físicos, Valdivia soma 13 jogos e quatro gols pelo Verdão no centenário. Se nenhum problema ocorrer, ele enfrentará o Fluminense, sábado, às 21h, no Pacaembu, pela segunda rodada do Brasileirão.

» Siga-nos no Twitter

Palavras-chaves:
Fonte: Vooz  |  Edição:

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade PUBLICIDADE
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade FIEPI
Publicidade OZONTEC
Publicidade FSA