Você está navegando por: Notícias Geral
Assine o nosso Feed de Geral

PDES 2050 será lançado nesta quarta-feira (3).

Publicada em 02 de Agosto de 2016 às 13h08 Versão para impressão

O Plano de Desenvolvimento Econômico Sustentável do Piauí (PDES - 2050), versão final, será apresentado nesta quarta-feira (3), às 9h, no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI). O estudo compreende um meticuloso trabalho de diagnóstico e elaboração de projetos voltados para o agronegócio, energias renováveis, infraestrutura, mineração e turismo. O governador Wellington Dias e o diretor-geral da Fundação Cepro, Antonio José Medeiros, participarão do evento.

» Siga-nos no Twitter

São 46 projetos e para cada tipo de exploração foram estudados os impactos ambientais e suas formas de reduzir ou eliminar as consequências danosas ao meio ambiente e abrangem todos os Territórios de Desenvolvimento do Estado. Ao todo, devem ser aplicados R$ 58 bilhões, com sugestão da participação das parcerias público-privadas, que resultarão em profundas mudanças no cenário econômico e social do Piauí.

O objetivo do PDES-PI é entregar às gerações futuras um estado que revele as grandes oportunidades e potencialidades existentes hoje, de forma a demonstrar a capacidade do Piauí de ser parte integrante da solução de problemas nacionais e regionais, por meio de sua inserção proativa no atual ciclo de desenvolvimento do Nordeste e do Brasil.

PDES Piauí 2050

O Governo do Estado do Piauí contratou, em maio de 2013, a elaboração de um Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável (PDES-PI), visando um horizonte temporal de 36 anos, no período de 2014 a 2050. Esse trabalho foi executado pela Diagonal Transformação de Território.

O PDES-PI 2050, não é um plano de governo, é um plano de estado, colocando-se como diretriz da sociedade piauiense na busca por um futuro que ela própria definiu, a partir de consultas públicas em vários momentos de sua elaboração.

No processo participativo, foi constituída em grupo uma Visão de Futuro para o Piauí 2050 e discutidos os potenciais indutores de desenvolvimento para o estado. A sociedade não escolheu só os objetivos, mas também apontou as trajetórias desejadas para construir o Piauí do futuro.

Identificadas as potencialidades socioeconômicas e ambientais, os elementos dinamizadores e as restrições existentes, respeitando-se a manifestação da sociedade piauiense sobre os caminhos mais apropriados para o desenvolvimento econômico sustentável, o trabalho se voltou para a construção de programas capazes de promover as transformações do estado.
Fonte: globo  |  Edição: Da Redação

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade FSA
Publicidade Claudete Miranda Store