Você está navegando por: Notícias Esporte
Assine o nosso Feed de Esporte

Bisping diz estranhar elogios por salvar o UFC China:

Publicada em 23 de Novembro de 2017 às 12h49 Versão para impressão

Conhecido por não medir suas palavras e pelas provocações aos adversários, Michael Bisping ainda não se acostumou com os elogios que tem recebido após ter se oferecido para "salvar" o UFC Xangai, que acontece neste fim de semana na China. A luta principal do evento foi cancelada há duas semanas, depois que Anderson Silva foi flagrado em exame antidoping fora do período de competição, deixando seu adversário, Kelvin Gastelum, sem oponente.

» Siga-nos no Twitter

Bisping, que há três semanas perdeu o cinturão dos médios para Georges St-Pierre, nem pensou duas vezes quando soube da novidade. Por conta de sua atitude, o inglês vem recebendo um carinho maior que o usual por parte da torcida.
- É estranho, na maior parte da minha carreira eu sempre fui o vilão. É uma mudança renovadora, tenho recebido muitos elogios das pessoas. Para ser sincero, eu não sei como alguém na minha posição não aceitaria essa luta. Eu não tive lesões na última luta, estou em forma, tive um camp sensacional para o GSP . A luta não acabou da forma como eu queria, mas as coisas são assim. Eu tive uma noite ruim e agora tenho a chance de ir lá e lutar da forma como eu gostaria de lutar - declarou o inglês ao site americano "MMA Junkie".

Após o combate contra St-Pierre, o ex-campeão dos médios recebeu suspensão médica de 30 dias da Comissão Atlética de Nova York. Por conta disso, ele precisou passar por uma bateria de exames para provar que estaria apto a lutar em menos tempo.
- O Dana White foi bastante duro dizendo que eu tinha que passar por todos esses exames , o que foi um saco. Foi uma semana muito estressante, mas estou bem, e passei em todos os exames. Estou ótimo - completou.

Atualmente no segundo lugar do ranking da divisão, o inglês enfrenta Kelvin Gastelum, que é o dono da nona posição. O americano vem de derrota para Chris Weidman e teve a vitória sobre Vitor Belfort, em março, transformada em luta sem resultado depois que testou positivo para metabólitos de maconha em exame realizado logo após o combate.
- Kevin é um cara ótimo. Não tenho nada de ruim para falar dele. Ele é um ótimo lutador, tem boas mãos, um bom wrestler. Tem algumas ótimas vitórias, venceu alguns caras que eu não venci. Garanto que eles não estão mais usando esteroides. Não estou esperando uma vitória "mamão com açúcar", espero um cara menor, com um alcance menor, sem a minha experiência. Se eu lutar do jeito que eu quero, eu vou vencer essa luta facilmente. Mas veremos o que vai acontecer - finalizou.
UFC China
25 de novembro, em Xangai
CARD PRINCIPAL (a partir de 10h, horário de Brasília):
Peso-médio: Michael Bisping x Kelvin Gastelum
Peso-meio-médio: Li Jingliang x Zak Ottow
Peso-pena: Wang Guan x Alex Caceres
Peso-meio-médio: Muslim Salikhov x Alex Garcia
CARD PRELIMINAR (a partir de 6h45, horário de Brasília):
Peso-pena: Zabit Magomedsharipov x Sheymon Moraes
Peso-meio-médio: Kenan Song x Bobby Nash
Peso-palha: Kailin Curran x Yan Xiaonan
Peso-galo: Song Yadong x Bharat Khandare
Peso-pesado: Chase Sherman x Shamil Abdurakhimov
Peso-galo: Yanan Wu x Gina Mazany
Peso-pena: Wuliji Buren x Rolando Dy
Peso-pesado: Cyril Asker x Yaozong Hu
Fonte: globo  |  Edição: Claudete Miranda

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade Claudete Miranda Store
Publicidade FSA