Você está navegando por: Notícias Esporte
Assine o nosso Feed de Esporte

CR7 tem desempenho superior a Messi e Neymar em primeira rodada da Copa.

Publicada em 18 de Junho de 2018 às 07h01 Versão para impressão

Nos últimos dez anos, a disputa pelo prêmio de melhor jogador do mundo ficou dividida entre Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. Cada um levou o prêmio cinco vezes. No meio dessa disputa, um brasileiro tem buscado o seu espaço, Neymar. E nada melhor do que uma boa atuação numa Copa do Mundo para almejar essa conquista. O GloboEsporte.com analisou o desempenho dos três atletas na primeira rodada do Mundial e vai mostrar quem se saiu melhor.

» Siga-nos no Twitter

E ao olhar os números dos primeiros jogos, o português saiu na frente dos rivais. Cristiano Ronaldo marcou os três gols do empate de Portugal por 3 a 3 com a Espanha. Além de ter sido escolhido melhor em campo, ele foi bem em praticamente todos os quesitos analisados pela Fifa. De acordo com os números divulgados pela entidade, dos oito chutes dados por sua seleção na partida, o gajo deu quatro, sendo três deles na rede do goleiro David De Gea.

O português também foi bem superior aos seus concorrentes no percentual de acerto de passes. Enquanto CR7 teve aproveitamento de 91%, Messi conseguiu apenas 82%, e Neymar foi o pior: 81% (dos 37 lances que tentou, ele acertou 30). Por outro lado, o brasileiro foi quem percorreu a maior distância: 9,1km. Cristiano Ronaldo fez 8,72km, e Messi, 7,58km.

Pelos números e desempenho, Messi foi quem teve a segunda melhor atuação. O jogador não foi mal diante da Islândia, mas perdeu um pênalti que poderia ter garantido os três pontos para a Argentina. Porém, a partida ficou no empate por 1 a 1. No confronto, o melhor jogador em campo foi o goleiro Hannes Halldórson, que defendeu o pênalti cobrado por “La Pulga”.


Diante da Suíça, Neymar até tentou, mas pareceu fora de ritmo. O jogador voltou a treinar no fim do mês passado após se recuperar de uma fratura no dedo mínimo do pé direito. No jogo diante dos suíços, sofreu dez faltas. Foi o que mais apanhou em campo se comparado a CR7 e Messi. O português levou quatro, uma delas que resultou no gol de empate. O argentino, três.

- Eu trabalho há muitos anos e confio muito em mim. Trabalho para isso – disse Cristiano Ronaldo após o empate com a Espanha.

E não foi só a parte técnica que chamou a atenção de Cristiano Ronaldo em campo. O jogador também se mostrou um líder, orientando os companheiros e acalmando o time após a virada da Espanha, por exemplo. Por outro lado, Messi se abateu após a perda do pênalti e não foi mais o mesmo na partida.

- Me sinto responsável por não termos conseguido os três pontos porque não tenho dúvida de que com o pênalti tudo seria diferente – afirmou Messi.

Vale lembrar que após perder o pênalti que sacramentou a derrota da Argentina na final da Copa América Centenário, disputada nos Estados Unidos, contra o Chile, Messi chegou a anunciar que não defenderia mais a seleção de seu país. E dependendo do desempenho na Copa do Mundo, a história pode até se repetir.

Neymar também tentou levar o Brasil à frente no confronto, mas pecou em alguns lances ao prender demais a bola. Desta vez, mesmo apanhando tanto, conseguiu segurar o temperamento e não se desentendeu com adversários ou com o árbitro.

Na próxima semana, os três vão ter novas oportunidades de mostrar quem pode sonhar com o título de melhor do mundo. Cristiano Ronaldo, por enquanto, está na frente. Messi vem logo em seguida. E Neymar, por ter ficado um tempo parado, precisará fazer bem mais do que mostrou diante dos suíços neste domingo.

Fonte: globo  |  Edição: Da Redação

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade FSA
Publicidade FIEPI
Publicidade OZONTEC
Publicidade PUBLICIDADE