Você está navegando por: Notícias Esporte
Assine o nosso Feed de Esporte

Nigéria está eliminada da Copa Africana por conta de "apagão" de Drogba

Publicada em 03 de Fevereiro de 2013 às 23h10 Versão para impressão

A favorita Costa do Marfim foi surpreendida pela Nigéria e perdeu por 2 a 1, nas quartas de final da Copa Africana de Nações, neste domingo, em Rustenburg, na África do Sul. Principal estrela do futebol do país, o atacante Didier Drogba fez uma partida tímida e não conseguiu evitar a derrota de sua seleção, que foi vice campeã na última edição. A Nigéria enfrentará Mali nas semifinais, na próxima quarta-feira, às 13h, horário de Brasília. A outra semifinal será entre Gana e o vencedor da última quartas de final, que acontece logo mais entre Burkina Fasso e Togo. Com a eliminação, a geração mais promissora da história de Costa do Marfim continua sem conquistar um único título. A Copa do Mundo do Brasil, em 2014, talvez seja a última oportunidade para Drogba e companhia dar alguma alegria para a população do país, que depositou muitas esperanças no time. A Nigéria ignorou qualquer tipo de retrospecto ou favoritismo e foi para cima da Costa do Marfim logo no começo da partida. Tanto que o primeiro tempo foi quase todo dos nigerianos, que perderam as duas maiores chances, com Moses, aos 9 minutos, e aos 26, quando o atacante Emenike saiu na cara do goleiro, mas acabou chutando para fora. Para aliviar a frustração da torcida, Emenike se redimiu pouco depois. No final da primeira etapa, aos 42 minutos, ele bateu falta uma da intermediária com muita força, no meio do gol, e contou com a ajuda do goleiro Barry, para abrir o marcador e colocar a Nigéria na frente. Drogba, a principal estrela de Costa do Marfim, pouco fez no primeiro tempo. Por sorte, ele e toda a equipe marfinense voltou mais ligada na etapa final. Logo no início, aos 4 minutos, o atacante do Galatasaray sofreu falta perigosa na linha de fundo, muito próximo da grande área. Ele mesmo bateu e colocou a bola na cabeça de Tioté, que estava livre e só escorou para o gol, empatando a partida. Depois do gol, o jogo ficou aberto e as equipes criavam boas chances. Só que aos 32 minutos o torcedor da Nigéria pôde comemorar mais uma vez. Mbah avançou em velocidade, chutou de fora da área, a bola desviou no zagueiro e encobriu o goleiro Barry. Faltando menos de 15 minutos para o fim, os nigerianos se fecharam na defesa e conseguiram vencer. Dessa forma, a equipe está classificada para a semifinal da Copa Africana de Nações e enfrentará Mali, que é a grande surpresa da Copa até aqui e que derrotou a África do Sul nas quartas, os anfitriões do torneio.

» Siga-nos no Twitter

Palavras-chaves:
Fonte: Vooz  |  Edição:

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade FSA
Publicidade PUBLICIDADE
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)
Publicidade FIEPI
Publicidade OZONTEC