Você está navegando por: Notícias Esporte
Assine o nosso Feed de Esporte

Santos não desiste de Ganso e busca investidores para viabilizar retorno.

Publicada em 04 de Junho de 2015 às 20h40 Versão para impressão

 O Santos ainda não desistiu de Paulo Henrique Ganso, do São Paulo. Como a proposta de empréstimo foi recusada pelo Tricolor, o clube alvinegro agora busca outras formas de viabilizar o retorno do meia à Vila Belmiro. O Flamengo também está de olho nele.
Modesto Roma Júnior, presidente do Peixe, chegou a "jogar a toalha" para acertar com o meia do Tricolor, mas o clube está estudando várias possibilidades de fechar com o jogador que tem contrato com o São Paulo até 2017. Os principais dirigentes santistas estão conversando com alguns grupos de investimento, para, assim, viabilizar o retorno de Ganso.
O presidente do Santos deve marcar novo encontro com Carlos Miguel Aidar, mandatário do São Paulo, nos próximos dias. Pessoas ligadas à diretoria do Peixe admitem que a contratação não é uma tarefa fácil, já que o maior interesse do Tricolor e do DIS, grupo que detém 68% dos direitos econômicos do atleta, é negociá-lo com um clube estrangeiro.
Após a vitória do São Paulo sobre o Santos por 3 a 2, na última quarta-feira, no Morumbi, Ganso disse que gostaria de ficar no Tricolor, mas que seu futuro "está nas mãos dos presidente". Ele afirmou que não teria problema algum em voltar para o Peixe.
A ideia de contratar um nome de peso para a posição se dá por conta da possível saída de Lucas Lima, que, ao lado de Robinho e Ricardo Oliveira, figura como um dos grandes nomes do Santos na temporada. O Santos tem apenas 10% dos direitos econômicos do camisa 20, mas quer embolsar, no mínimo, R$ 17 milhões pelo jogador. Lucas Lima tem propostas de alguns times europeus.

» Siga-nos no Twitter

Fonte: globo  |  Edição: Da Redação

Veja também

Comentários (0)

  • Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro.

Comentário

Comente

adsense
Publicidade FIEPI
Publicidade OZONTEC
Publicidade PUBLICIDADE
Publicidade FSA
Publicidade Assembléia Legislativa (ALEPI)